sexta-feira, agosto 10, 2007

Por trás da imagem...

Não adianta, todo mundo julga o outro. É algo que já virou ordinário, pois nos ensinam desde cedo.
Duvido que se você encontrar com duas meninas andando de mãos dadas na rua, não vai pensar num primeiro momento que sejam lésbicas. E o mais engraçado de tudo é que você, com certeza, já andou com alguma amiguinha na rua, de mão dada, feliz e contente, quando era pequena. A diferença é que não havia malícia em você.
Não são as aparências que enganam. São as pessoas que se deixam enganar pelas aparências.
Quem me conheceu, por ex., antes da fase surf, não consegue me imaginar uma surfista. Sempre fui a cdf da sala (éé! Cdfona mesmo haha)... A Livia... surfista?? Essa eu quero ver!
Pra quem só associa o surf à maconha, à preguiça, zuação e etc, é difícil de me imaginar mesmo. O mesmo acontece com quem me conhece pós fase surf. Uma surfista culta? Quem diria! Hahaha! Pois é, rapaz, dê-me uma oportunidade e eu lhe surpreenderei. (;
→ Dorei a pauta x) Chega de temas sobre ex, namoro, né? Dar uma aliviada de vez em quando é necessário!! hehehe
E falando em Surf, tô pra escrever sobre isso faz tempoooooooo. Prometo providenciar hehehe
:**

8 comentários:

Joana disse...

eu sempre tive uma visão diferente do surf. porque meu pai e meu irmão sempre surfaram...
mas os padrões existem e as pessoas sempre generalizam.

Line disse...

tb gostei da pauta ^^
bom o textoo!
bjoo

Ane Talita disse...

As apar�ncias enganam...E quando a gente consegue se livrar desses preconceitos concedidos socialmente, temos cada supresa maravilhosa, como por exemplo uma surfista culta! hahauhauhaua
Desde que resolvi abstrair essas coisas que me ensinaram quando pequena tenho conehcido muitas pessoas especiais, apenas pq dei uma chance, n�o deixei ficar na imagem!
beijo!

Leila disse...

As pessoas não só se deixam enganar, como tem mais malícia na cabeça depois de certa idade, ou são impressionadas pelos telejornais :D
acontece, e eu queria saber sobre essa história do surf

:*

Monica disse...

É aquela velha mania de sair por aí julgando todo mundo, né? Só que ninguém nunca imagina que os outros também nos julgam. Aí a coisa aperta!
Beeeijo ;**

Polly disse...

Pois é, não existe quem não julgue...Temos é que nos vigiar, isso sim!
adorei seu texto!
pois é, eu jurava que o meu estava grande...por isso eu disse aquilo na comunidade do TDB!!!


(www.pollyok2.zip.net)

Gabriela disse...

adorei o texto!

e concordo: chega de temas de ex, fim de namoro, credo! :P

beijo!
..
*

Juh disse...

Nossa! Muito legal
Quando eu crescer vou escrever que nem vc ;)
hauahuahauhau
beijo